São Longuinho

 

São Longuinho

 

São Longuinho viveu no primeiro século, foi contemporâneo de Jesus Cristo e, de acordo com os raríssimos relatos a respeito da vida deste santo, dizem tratar-se do centurião na Crucificação, que reconheceu Cristo como "o filho de Deus" (27:54 Matheus; Marcos 15:39; Lucas 23:47). Este centurião é identificado também como o soldado que "perfurou Jesus com uma lança" (João 19:34), provavelmente pelo fato do nome ser derivado do grego e significar "uma lança".

Conta-se que os crucificados tinham seus pés quebrados a fim de facilitar a retirada da cruz, mas quando chegou a vez de Jesus, o mesmo já estava com os pés soltos, e assim, ao invés de quebrar seus pés, um dos soldados perfurou o lado do seu corpo com uma lança. A água que saiu do lado de Jesus teria respingado em seus olhos, curando-o instantaneamente de uma grave doença nos olhos. Conseqüentemente, o soldado se converteu e, ao abandonar para sempre o exército e sua moradia, transformou-se num monge a percorrer a Cesarea e a Capadócia, atual Turquia.

A tradição nos diz que São Longuinho destruiu algumas imagens idolatradas na época com um machado, na presença de um homem que o perseguia, e que das imagens quebradas saíram muitos espíritos malignos que possuíram e cegaram tal homem. Longinho disse a ele que somente seria curado e liberto após sua conversão. Assim, depois fazer uma prece, imediatamente o homem foi curado da cegueira e converteu-se ao cristianismo.

São Longuinho foi preso e torturado por causa de sua fé cristã, tendo seus dentes arrancados e sua língua cortada. Comumente invocado para encontrar objetos perdidos, no Leste Europeu sua festa é comemorada em 16 de Outubro. No Brasil e Espanha, a comemoração ocorre no dia 15 de Março.

Na arte litúrgica, São Longuinho é representado como um soldado com uma lança apontada para os seus olhos ou então com os braços abertos, segurando uma lança. A lança de São Longuinho encontra-se hoje em Viena, na Áustria, e é muito reverenciada como relíquia religiosa.

ORAÇÃO A SÃO LONGUINHO

Glorioso São Longuinho, a ti suplicamos, cheios de confiança em sua intercessão. Sentimo-nos atraídos a ti por uma especial devoção, e sabemos que nossas súplicas serão ouvidas por Deus Nosso Senhor, se tu, tão amado por ele, nos fizer representar.

Sua caridade, reflexo admirável, inclina-te a socorrer toda miséria, a consolar todo sofrimento, suprir toda necessidade em proveito de nossas almas, e assegurar cada vez mais nossa eterna salvação, com a prática de boas obras e imitação de suas virtudes ! Amém

 

Voltar